Site Autárquico de Miranda do Corvo

Pesquisar

Perguntas frequentes

  • O que é uma Incubadora de Empresas? (no Município de Miranda do Corvo, o Centro de Acolhimento de Empresas)

    É, geralmente, uma associação que tem como objetivo o apoio à criação ou ao desenvolvimento de pequenas empresas ou microempresas, apoiando-as nas primeiras etapas de vida, oferecendo apoio logístico e técnico. 

    O GAICE e o Centro de Acolhimento de Empresas, como estruturas da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, pretendem apoiar projetos empresariais iniciais ou oriundos de empresas consolidadas, sem restrições em termos de idade, formação ou setor de atividade, e acolher ideias e projetos inovadores com potencial económico e que contribuam para o desenvolvimento do Concelho e da Região, tendo por objetivo final a sua consolidação empresarial.

  • A quem se destina e qual o público-alvo do GAICE e do Centro de Acolhimento de Empresas?

    Destina-se a pessoas singulares, com mais de 18 anos de idade, individualmente ou em grupo, bem como pessoas coletivas, que sejam titulares de ideias e projetos inovadores com potencial económico, que contribuam para o desenvolvimento do Concelho e da Região e que pretendam desenvolver projetos e ideias que ainda não entraram na fase de exploração comercial. 

    Consideram-se como público-alvo do Centro de Acolhimento de Empresas, jovens estudantes, recém-licenciados, jovens de escolas profissionais e tecnológicas, jovens qualificados, empresários, comunidade científica, desempregados, empresas que pretendam a expansão e desenvolvimento de novos ramos/atividades com a consequente oferta de novos produtos, financiadores e/ou associações empresariais, assim como todos os demais possuidores de ideias ou projetos inovadores e com espírito inovador e empreendedor.

  • Quais as vantagens de ser uma empresa ”acolhida” no Centro de Acolhimento de Empresas?

    O GAICE, e o Centro de Acolhimento de Empresas, como estruturas da Câmara Municipal de Miranda do Corvo especialmente direcionadas para o desenvolvimento, inovação e empreendedorismo, têm como principal objetivo prestar apoio durante a fase nascente de novos projetos empresariais, promover o empreendedorismo, a inovação e as novas tecnologias, e contribuir para a criação e consolidação de novas empresas. 

    Sustentam condições para a realização de investimentos e apostas empresariais que permitam gerar um território mais competitivo, assumindo como a sua principal finalidade o apoio a inovação, competitividade e empreendedorismo nas áreas de intervenção estratégicas definidas, apostando na renovação e dinamização do tecido empresarial e potenciando os recursos disponíveis através da estruturação de uma cadeia de valor sustentada nos produtos endógenos. 

    Destina-se a estimular o aparecimento de novos empreendimentos, associados aos setores dinâmicos da economia, apoiar empreendedores e proporcionar-lhes ambiente e condições apropriados para o funcionamento das suas empresas, tais como serviços específicos, orientação e auxílio na procura de apoio financeiro, e espaço físico com disponibilidade de salas, infraestruturas e suporte administrativo. 

    Presta apoio a projetos que, estimulando a agregação de valor nas atividades tradicionais, incorporem um diferencial tecnológico significativo em relação à concorrência, de modo a proporcionar oportunidades de negócio com perspetivas comerciais concretas. 

  • O GAICE está ligado a alguma entidade ou instituição?

    O GAICE é uma estrutura da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, sendo esta a entidade responsável pela sua gestão assim como a do Centro de Acolhimento de Empresas. 

    Destacam-se, de entre as suas principais funções, a prestação de informações aos investidores e empresários sobre os mais diversos aspetos relacionados com a sua atividade, a dinamização dos agentes económicos para a promoção da atividade empresarial do concelho, de modo a prestar um serviço de atendimento e acompanhamento personalizado ao Munícipe/Investidor ou empresário, nos serviços existentes na Câmara Municipal de Miranda do Corvo.

  • Quais as áreas prioritárias de acesso ao GAICE e ao Centro de Acolhimento de Empresas?

    O GAICE e o Centro de Acolhimento de Empresas apoiam empresas e empreendedores, promotores de ideias de negócio e projetos com potencial económico e interesse para o desenvolvimento e competitividade da região, de caráter inovador e de mais-valia regional. 

    A principal finalidade do GAICE consiste no apoio à constituição de empresas com forte ligação ao tecido económico e empresarial do Concelho e da Região, tendo como áreas preferenciais as relacionadas com a economia do Concelho, nomeadamente: energia e ambiente; património natural e arquitetónico; turismo e atividades de animação; instituições de caráter social; as vocacionadas para as artes e ofícios locais; e tecnologias dos materiais e de produção.

  • Quais os principais objetivos do GAICE e do seu Centro de Acolhimento de Empresas?

    Dos objetivos do GAICE e do Centro de Acolhimento de Empresas, merecem destaque:

    • O estímulo à modernização;
    • A promoção de medidas de dinamização do tecido empresarial e, ao mesmo tempo, o reforço das dinâmicas locais, apoiando a diversificação industrial;
    • Facilitar o acesso rápido e eficiente à informação essencial ao desenvolvimento das empresas;
    • A orientação e apoio ao empresário no cumprimento de exigências legais inerentes à sua atividade, bem como o apoio à criação de empresas, constituição e acompanhamento no âmbito da localização industrial e licenciamento, fomentando uma relação individualizada com empresários e assumindo-se como um serviço informativo, a nível empresarial e social, no Concelho;
    • Assumem-se como um serviço global de informação e apoio ao munícipe e empresa, disponibilizando informação sobre legislação relevante para a atividade empresarial;
    • Prestar informação sobre apoios e oportunidades dirigidos à atividade empresarial.
  • Onde funcionará o Centro de Acolhimento de Empresas e o que disponibilizará aos utilizadores?

    O Centro de Acolhimento de Empresas disponibiliza espaços para acolhimento nas instalações do Centro de Biomassa para a Energia (CBE) e nas instalações de edifícios municipais – Mercado Municipal de Miranda do Corvo, Pavilhão Multisserviços de Semide ou outros a designar pela Câmara Municipal de Miranda do Corvo.

    É composto pelas seguintes instalações:

    Centro de Biomassa para a Energia:

    • Gabinetes dotados com mobiliário de escritório adequado;
    • Áreas de laboratório com equipamentos e infraestruturas básicas;
    • Espaços, equipamentos comuns e serviços, nomeadamente:
      • Zonas de circulação, instalações sanitárias, cafetaria, sala de reuniões e anfiteatro;
      • Serviços administrativos comuns (receção e encaminhamento dos visitantes, receção e distribuição do correio pelos utilizadores);
      • Acesso a linhas telefónicas, fax e internet e serviço de reprografia (fotocopiadoras e plotter A1) para utilização comum;
      • Utilização da rede elétrica, de água e de saneamento;
      • Estacionamento.


    Mercado Municipal e Espaço Multisserviços de Semide:

    • Gabinetes a disponibilizar, dotados de rede elétrica e telefone (mediante pedido de ligação às respetivas entidades fornecedoras);
    • Espaços, equipamentos comuns e serviços:
      • Zonas de circulação e instalações sanitárias
      • Estacionamento

     

  • Qual o período máximo de permanência das empresas no Centro de Acolhimento de Empresas?

    Os contratos são celebrados pelo prazo mínimo de um ano e máximo de três anos, a contar da data da sua assinatura, sem prejuízo de poder ser prorrogado, expressamente e a título excecional até ao máximo de cinco anos, por solicitação dos clientes/utilizadores e deliberação de Câmara Municipal.

  • Quais os custos implicados no processo de candidatura?

    Nenhuns. O processo de candidatura é gratuito.

  • Como fazer uma candidatura?

    As candidaturas ao Centro de Acolhimento de Empresas decorrem de forma permanente e são formalizadas através do preenchimento de um formulário de candidatura, solicitado diretamente no GAICE ou obtido por download na página da internet do Município de Miranda do Corvo ou no Blog do Gabinete de Apoio à Inovação Competitividade e Empreendedorismo (http://gaicemirandadocorvo.blogspot.com/p/pre-candidatura.html) e devidamente acompanhado dos documentos nele referenciados assim como dos elementos que o candidato considere necessários e pertinentes, designadamente, o estudo de viabilidade económico-financeiro e a memória descritiva da atividade a exercer. 

    A formalização da candidatura pode ser feita pessoalmente, por correio registado com aviso de receção dirigida ao Presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo ou por correio eletrónico.

  • A sede social da empresa tem que ser no Centro de Acolhimento de Empresas?

    O GAICE pode admitir candidaturas de empresas que não tenham a sua sede social no mesmo, contudo as empresas acolhidas terão de desenvolver a atividade que lhes permitiu o ingresso ao GAICE e ao seu Centro de Acolhimento de Empresas.

AGENDA

Multimédia