Ir para conteúdo
Inauguração da exposição “O real e o imaginário: Memória e Identidade no Figurado de Barcelos”
A Casa do Design, equipamento cultural do Município de Miranda do Corvo, vocacionada para a promoção de divulgação das artes e ofícios tradicionais, foi palco no passado sábado da inauguração da exposição “O real e o imaginário: Memória e Identidade no Figurado de Barcelos”, que estará patente até 11 de maio.
 
Esta exposição cedida pelo Museu da Olaria de Barcelos é constituída por várias dezenas de peças, que embora tendo nascido como brinquedos, são atualmente símbolo identitário de uma região, fruto da capacidade única dos seus barristas de recriar o real, criando um imaginário.
 
Nesta exposição podem ser vistas peças de alguns dos barristas mais conhecidos como Rosa Ramalho, Mistério, Ana Baraça, Rosa Côta e peças de artesãos contemporâneos que reinventaram esta arte.
 
Durante a permanência da exposição vão ser promovidas visitas guiadas ao espaço e dinamizadas oficinas de olaria.
 
A visita à exposição foi comentada pelo artista Miguel Gizzas, que realizou à noite um concerto na Casa das Artes e que pôde antecipadamente contactar com o público e falar sobre a importância das diversas artes e como elas se complementam e são expressão maior da imaginação e criatividade.
28 fevereiro, 2024
Todas as Notícias
Visite Miranda do Corvo! Entre serras e vales há uma paixão natural a descobrir
Ver Todos