Ir para conteúdo

Concerto Miguel Torga de Vila Nova a Macau

cartaz aroso
cartaz aroso

A guitarra, a voz e a viola de acompanhamento, na atmosfera do estilo coimbrão, dão corpo e cruzam-se com as palavras do poeta que, ora em verso ora em prosa, constituem a sua tatuagem artística.

De Vila Nova a Macau, um longo itinerário de vida literária, onde o concelho de Miranda do Corvo se situa como o primeiro espaço profissional do então jovem médico Adolfo Rocha, assinando já o Diário I com o nome de Miguel Torga, que um dia escreveu: «O universal é o local sem paredes».

No decurso do programa, na fraternidade da poesia, são cantados outros poetas, como Fernando Pessoa e António Arnaut, e interpretados guitarristas como Carlos Paredes.

Canto: Victor Nunes e José Santos Paulo

Guitarra: Álvaro Aroso e José Santos Paulo

Viola de acompanhamento: Eduardo Aroso